Turismo de Base Comunitária como Complementação de Renda para os Pescadores da Localidade do Barranco

São José do Norte implanta projeto pioneiro no Estado.

A Prefeitura Municipal de São José do Norte, através de um Projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (SMTEL) em parceria com a Secretaria Municipal da Agricultura e Pesca (Smap) e a Emater/ Ascar-RS implanta o Turismo de Base Comunitária como Complementação de Renda para os Pescadores da Localidade do Barranco.

O projeto que obteve sua aprovação no ano de 2018 através da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, com a liberação de recursos no final do segundo semestre de 2019, é pioneiro no Estado e o município de São José do Norte foi o único contemplado, e com os recursos disponibilizados será possível:

Instalação de placas de sinalização que iniciam próximo a rampa de embarque da balsa e se estendem ao longo da BR 101 finalizando na descida para Praia do Barranco;
Diversos cursos, entre eles: Cursos de artesanato, atendimento ao turista, primeiro socorros e outros mais que já foram realizados e que originou a criação do Grupo “Mulheres em Campo”, que infelizmente tiveram suas atividades de comercialização de produtos na Hidroviária local interrompidos devido a pandemia do Corona vírus;
A criação de materiais de divulgação turística da localidade e de orientação ambiental que será desenvolvido em parceria com SMMA;
Disponibilização de 02 conteiner para disposição de lixos;
Pintura, caixa térmica, coletes e bóias salva-vidas para 03 embarcações de pescadores artesanais. Possibilitando uma renda extra na condução de passeios pela orla da localidade;
Confecção de camisetas, toucas e aventais para os empreendimentos gastronômicos da comunidade que participarem dos cursos e treinamentos do projeto.
O Turismo de base comunitária é uma nova modalidade do turismo que surge como alternativa para explorar as potencialidades e valorizar as especificidades do local, por meio da inclusão da comunidade pesqueira no desenvolvimento do turismo, e a escolha pela localidade do Barranco se deu pelo fato de já haver empreendimentos voltados ao setor, o que facilita a aplicação do Projeto e possibilita um estudo aprofundado para a implantação futura em outras comunidades pesqueiras do Município.

14/08/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *